ESCOLINHA BABY KIDS (de 4 a 6 anos)

Como as crianças de 4 a 6 anos tem uma menor capacidade de atenção e se saturam muito rápido de uma atividade as aulas para essa categoria serão de 30 minutos em 2 vezes por semana. São adotadas atividades lúdicas para estimular o desenvolvimento das habilidades motoras fundamentais como, pegar, arremessar, lançar, correr, pular, utilizando esquemas motores básicos para habilitar a criança a habilidades motoras mais complexas, com o objetivo de se introduzir os movimentos peculiares do tennis. Em consequência a criança estabelece a noção de contato entre si e os objetos e entre si e o próprio espaço. Nessa fase a criança não tem a noção do que é perder ou ganhar, a atividade tem como objetivo apenas divertir, aprendendo movimentos do tênis brincando.

São usados materiais didáticos lúdicos como bonecos infláveis, alvos, sinalizações no piso, bolas de espuma, bexigas e redinhas adaptadas para a realidade de tamanho da criança.

As atividades desenvolvidas tem como o objetivo o despertar psicomotor da criança com brincadeiras envolvendo arremessos, lançamentos, corridas saltos coordenados com a utilização ou não de raquete e bolas.

ESCOLINHA KIDS (de 7 a 9 anos)

Dos 7 aos 9 anos é um período que a criança consolida as conservações de números, substâncias, volume e peso. Já é capaz de ordenar elementos por seu tamanho (grandeza), incluindo conjuntos, organizando então o mundo de forma lógica ou operatória. Sua organização social é a de bando, podendo participar de grupos maiores, chefiando e admitindo a chefia. Já podem compreender regras, sendo fiéis a ela, e estabelecer compromissos. Nesse momento entram as brincadeiras em que um ou um grupo se torna vencedor. Já podemos também iniciar a formação mais detalhadas e especifica dos movimentos para execução dos golpes de forehand, backhand e saque utilizando as quadras pequenas e bolas com 75% do peso.

Serão usados materiais didáticos lúdicos como bonecos infláveis e especiais para a realidade de tamanho da criança como bolas de espuma, bexigas, redinhas.

Essa fase se caracteriza pelo período de transição da quadrinha pequena e bolas 75% para a quadra maior com bola de 50%. O jogo passa a ter um caráter mais competitivo com a disputa de sets iniciando o desenvolvimento da tática e estratégia.

INFANTIL (de 10 a 13 anos)

A partir da 10 anos a criança já consegue abstrair o pensamento, as aulas passam a ficar mais complexas e,com uma maior exigência na execução e correção dos golpes de base, as regras e o jogo passam a ser desenvolvidos e a noção de ganhar e perder se torna o foco de desenvolvimento iniciando a construção da capacidade de resiliência.

O contexto educativo se promove no conjunto de atividades globais da criança. No contexto esportivo-competitivo estuda e aprimora a aquisição de desempenho e performance técnico de habilidades motoras isoladas.

Nessa fase a transição acontece na mudança de tipo de bola de 50% para 25% e finalmente a bola 100%.. Os jogos passam a ter um caráter oficial, a noção de vitoria e derrota passa a ser trabalhado com a identificação dos fundamentos a serem trabalhados para o aprimoramento.